Minha Matricula
Você adicionou , o que deseja fazer agora?
Voltar! Fechar Compra!

5 Oportunidades de Negócio - Mercado Africano

5 Oportunidades de Negócio - Mercado Africano

Os líderes empresariais globais que não entendem a África correm o risco de perder uma das grandes oportunidades de crescimento do século 21.

 

A população atual da África, de cerca de 1,34 bilhão de pessoas, está projetada para chegar a 1,7 bilhão em 2030.

O PIB real da África cresceu a uma taxa média anual de 5,4 por cento em 2000–2010, impulsionado em medidas quase iguais pelo crescimento da força de trabalho e do crescimento da produtividade. 

Após uma desaceleração provocada pelos choques da Primavera Árabe em 2011 e o colapso dos preços do petróleo em 2014, o crescimento da África recuperou e as suas perspectivas futuras parecem animadoras. 

Dois indicadores do Banco Mundial reforçam a promessa do continente. 

Em primeiro lugar, das 10 economias de crescimento mais rápido do mundo em 2018, seis estavam na África - com Gana no topo do ranking mundial. 

Em segundo lugar, no índice Doing Business 2019 do Banco Mundial, cinco dos 10 países mais aprimorados estão na África, e um terço de todas as reformas registadas globalmente foram na África Subsaariana.

A aceleração econômica e a melhoria do ambiente de negócios são sustentadas por cinco tendências a longo prazo, cada uma delas proporcionando um crescimento transformador em setores econômicos importantes.

  1. Uma população em rápido crescimento e urbanização

    A população atual da África, de cerca de 1,34 bilhão de pessoas, deve chegar a 1,7 bilhão em 2030. Mais de 80% do crescimento da população da África nas próximas décadas ocorrerá nas cidades, tornando-a a região de urbanização mais rápida do mundo. 

    Ao mesmo tempo, as receitas estão aumentando em grande parte do continente, gerando assim novas oportunidades de negócios no mercado consumidor. 

    No total, espera-se que os gastos anuais dos consumidores e das empresas africanas atinjam US $ 6,66 trilhões até 2030, diante de US $ 4 trilhões em 2015.

    Essas tendências estão estimulando o crescimento dos mercados numa série de setores onde os africanos têm necessidades não atendidas, incluindo alimentos e bebidas, produtos farmacêuticos, serviços financeiros, saúde e educação.


  2. A África está se industrializando

    A revolução industrial africana está em andamento à medida que os fabricantes aumentam a produção de tudo, desde alimentos processados ​​até a automóveis. 

    Calcula-se que as indústrias africanas têm a oportunidade de duplicar a produção para quase US $ 1 trilhão numa década.

    75% desse crescimento provavelmente virá da manufatura para substituir as importações e atender à crescente procura local. 

    Mas também há uma oportunidade importante para aumentar as exportações de manufaturados e fazer da África o próximo grande centro de manufatura do mundo à medida que as indústrias mudam da China para regiões de custo mais baixo. 

    A revolução em curso entre as indústrias sem chaminés, como o turismo, a agroindústria e alguns serviços baseados em tecnologia de informação e comunicação podem servir como uma escada rolante de desenvolvimento, visto que essas indústrias compartilham três características principais da manufatura tradicional - exportabilidade, maior produtividade e alta intensidade de mão-de-obra.  

  3. A África está se esforçando para fechar sua lacuna de infraestrutura

    A infraestrutura deficiente é um dos principais obstáculos ao investimento e ao crescimento em África. Por exemplo, quase 600 milhões de africanos não têm acesso à rede elétrica. Mas, embora a infraestrutura da África ainda esteja atrás de outras regiões em desenvolvimento, um progresso significativo já foi feito:

    O investimento anual da África em infraestrutura duplicou para cerca de US $ 80 bilhões por ano desde o início deste século. 

    Isso representa uma grande oportunidade para investidores e empreendedores com imaginação para ajudar a resolver os desafios de infraestrutura da África.

  4.  Inovações para libertar a riqueza agrícola e de recursos 

    A África é conhecida pela sua abundância de recursos agrícolas e minerais. Até ao momento, porém, a África tem lutado para traduzir esses recursos em riqueza compartilhada e desenvolvimento econômico sustentado.

    As novas inovações e investimentos prometem mudar esse quadro e criar oportunidades de crescimento estimulantes para os negócios. 

    Por exemplo, em petróleo e gás, a África é rica em regiões inexploradas e de alto potencial, e o continente tem uma enorme carência não atendida de energia. Estima-se que o mercado doméstico de gás na África crescerá 9% ao ano até 2025, quando o continente poderá usar até 70% do seu próprio gás.

  5. O potencial de aumentar o acesso digital e móvel

A África Subsaariana teve a taxa mais rápida do mundo de novas conexões de banda larga entre 2008 e 2015, e o tráfego de dados móveis em toda a África deve aumentar sete vezes até 2022. A África tem mais de 120 milhões de contas de dinheiro móvel ativas, mais de 50% do total global; refletindo uma aposta crescente na banca digital em detrimento dos produtos bancários tradicionais. 

Essa tendência permitirá que as empresas melhorem a produtividade, acelerem as transações e acessem mercados mais amplos, e pode adicionar US $ 300 bilhões ao PIB do continente até 2025.

Consulte o nosso departamento de internacionalização e aproveite as oportunidades deste mercado para expandir os seus negócios comercial@oportoforte.com.br

 

 

 

  • Compartilhe em sua rede social:
Enviando Comentário Fechar :/
X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
1